Como fazer mapa mental?

Na hora de estudar para uma prova da escola ou vestibular, normalmente cada um desenvolve um jeitinho específico. Algumas pessoas gostam de ler em voz alta, outras precisam escrever e algumas até mesmo desenhar. Mas você já ouviu falar sobre a técnica do “mapa mental”?
O mapa mental para estudo é um tipo de ferramenta que facilita a revisão, destacando as palavras-chave e indicando as relações entre essas palavras para que o estudante possa relembrar o que aprendeu com facilidade.
Muitas vezes em uma aula os estudantes não conseguem associar o que está sendo dito com as anotações em cadernos e apostilas. Justamente aí que o mapa mental pode auxiliar, ligando uma ideia central à diversas palavras-chaves importantes.
Atualmente a proposta de estudar dessa forma ganhou tanta força que alguns estudantes se destacaram por produzir mapas mentais como verdadeiras obras de arte. Cheios de cores, capricho e beleza, eles ajudam os alunos a estudar de forma eficiente.
Muitas pessoas gostam de usar a tática do mapa mental para produção de resumos, evitando aquele modelo tradicional escrito e muitas vezes extenso e cansativo.
Como fazer um mapa mental para estudo?
Agora que você já o que é um mapa mental, que tal começar a construir o seu? Confira algumas dicas:
Comece pelo centro
Coloque o tema principal no meio. O mapa mental funciona como uma árvore, se ramificando do centro para as bordas, em galhos cada vez mais finos.
Não deixe informações soltas
Conecte os primeiros ramos ao ramo central, e os ramos subsequentes aos anteriores. A proposta é fazer uma relação de ideias.
Seja criativo
Usar cores e linhas curvas para deixar seu mapa mais interessante é uma maneira de destacar o material. Isso faz com que o conteúdo seja fixado mais facilmente.
Use uma palavra por linha
A ideia principal dos mapas mentais é anotar apenas palavras-chave. Por isso, não encha sua ramificação de texto.

 

Atendimento via chat
Atendimento via chat